Como montar o organograma de uma empresa

Para manter a funcionalidade e o fluxo contínuo de trabalho dentro de uma empresa é necessários que haja a divisão de tarefas e cargos. Para isso, alguns métodos são adotados para manter o alinhamento da equipe e o conhecimento das tarefas e responsáveis por setor.

Por isso, o organograma é o modelo ideal para estabelecer a organização dentro da companhia onde é apresentado um documento com toda a estrutura da empresa. Este modelo pode funcionar como um desenho de todos os funcionários de uma organização, das funções que desenvolvem, das equipes nas quais eles estão alocados e da hierarquia entre os cargos.

Quer saber como montar o organograma da sua empresa e entender as vantagens desse projeto? Então leia a matéria completa e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Entenda a importância do organograma para a empresa

Como dito anteriormente, o organograma permite melhorar o entendimento sobre a estrutura da empresa em relação a divisão de departamentos e a hierarquia de cada setor. Ou seja, é possível compreender quais são os níveis hierárquicos da organização, quem ocupa esses cargos e como essas pessoas se relacionam dentro dessa infraestrutura.

Essa estrutura é de suma importância para obter uma visão clara de todas as pessoas da empresa, de acordo com o seu cargo. A partir disso, o organograma também ajuda nas reestruturações e processos de rotatividade interna e no reconhecimento de problemas se tornando um verdadeiro mapa que contribui para a implementação de melhorias.

O organograma é uma poderosa ferramenta para facilitar o onboarding, otimizar a comunicação interna e aumentar a produtividade das equipes. Aproveite para seguir a leitura e conhecer os tipos de organograma e escolher qual modelo pode melhor atender ao formato da sua empresa.

Conheça os tipos de organograma

Antes de iniciar a criação do organograma para a sua empresa é essencial entender que essa representação gráfica pode ser feita de diversas maneiras. Por isso, listamos todas elas para facilitar a compreensão e ajudar na escolha para a montagem desse novo modelo de negócio. Confira a seguir!

Organograma Clássico

No organograma clássico ou cargos de maior hierarquia como diretores e o CEO da organização, ficam em cima, enquanto que, na base, ficam os cargos mais operacionais, com menor hierarquia dentro da empresa.

Cada cargo é representado por uma caixa ou retângulo e pode ser ligado aos outros por meio de traços ou flechas.

Organograma Horizontal

Seguimos para o organograma horizontal que apresenta características semelhantes ao clássico em relação à forma de representação dos cargos e funções na empresa.

Dessa forma, o organograma clássico é orientado de forma vertical, enquanto no horizontal os outros cargos vão sendo adicionados em direção ao lado direito da folha.

Organograma Informacional

O organograma informacional busca representar uma série de informações de forma gráfica e sintética.

Dessa maneira, nesse modelo, é possível desenhar o fluxo da comunicação da empresa apresentando como a comunicação flui tanto de cima para baixo quanto de baixo para cima. Além disso, pode ser que os colaboradores da base, operacionais, não consigam se comunicar com os cargos mais altos, como o CEO. Dessa forma, não são inseridas setas.

Organograma Setorial

Para empresas mais complexas, onde o fluxo de atividades é maior entre os setores, o organograma setorial pode ser o mais indicado.

 

Nele, são descritas todas as informações referentes a determinado setor, como funcionários, hierarquia entre os profissionais que fazem parte dele e as funções de cada um.

Organograma Linear

Já o organograma linear tem como foco apresentar as atividades e responsabilidades de cada um dos colaboradores.

Por isso, funciona como um quadro no qual são descritos todos os processos que ocorrem na empresa e os cargos existentes. Com a ajuda de símbolos, o organograma linear propões essa utilização para representar a função de carga cargo.

Organograma em Barras

De forma sucinta, o organograma em barras trabalha com a representação de cada cargo descrito na barra. Portanto, um diretor terá uma barra maior do que um assessor, por exemplo, mas menor do que a do CEO da empresa.

As barras podem ser colocadas na horizontal ou na vertical e não precisam ser distribuídas de acordo com a hierarquia. Basta sinalizar as barras maiores para os maiores cargos e as barras menores que representam os cargos mais baixos.

Organograma Radial ou Circular

Um modelo que foge do convencional é o organograma radial ou circular. Nele, os cargos de maior hierarquia e responsabilidade ficam no centro e, à medida que se caminha para as extremidades do círculo, são adicionados os cargos de menor responsabilidade.

Ele é considerado um organograma mais moderno, uma vez que não representa cargos superiores ou inferiores aos outros, mas, sim, mais centrais (ou estratégicos) e mais operacionais.

Organograma Matricial

No organograma matricial são valorizadas as competências dos colaboradores e não a hierarquia dos cargos. Além disso, ele é mais flexível, podendo ser modificado com frequência de acordo com as necessidades da empresa.

 

Esse modelo funciona para empresas nas quais os colaboradores mudam de função com frequência, como em projetos e não processos contínuos.

Construa o organograma da sua empresa

Agora que você já compreendeu para que serve o organograma e quais são os tipos existentes, é hora de entender como criar o modelo ideal para a sua empresa. Separamos 7 dicas para você conseguir montá-lo agora mesmo! Confira abaixo!

  1. Faça uma pesquisa
    O primeiro passo é realizar o mapeamento de cargos e funções conversando com cada funcionário da empresa. Dessa forma é possível listar as atividades de cada colaborador e dar início a construção da hierarquia.

  2. Identifique as hierarquias
    Para saber o tamanho e qual a melhor forma de estruturar o organograma, procure identificar quantas e quais são as estruturas de cargos da empresa. Em seguida, defina os graus de hierarquia entre eles.

  3. Escolha o melhor modelo
    A função principal do organograma é tornar a estrutura de cargos da empresa simples de ser compreendida. Dessa forma, escolha aquela que melhor representa visualmente o seu negócio levando em consideração todos os pontos listados acima.

  4. Selecione a ferramenta mais adequada
    Os gráficos do organograma podem ser feitos no Word, no Power Point ou no Excel.
    Outra ferramenta que pode ser interessante para projetos mais robustos é o Trello, onde é possível inserir fotos, preferências e hobbies dos funcionários. Dessa forma, o organograma passa a ser um instrumento interessante de socialização.

  5. Valide as informações
    Após a conclusão do organograma, converse com os líderes de cada setor para validar as informações sobre os funcionários e se as hierarquias estão organizadas adequadamente.

  6. Apresente o organograma para toda a empresa
    Exiba as informações com os funcionários da empresa com o intuito de consolidar a hierarquia de cada departamento facilitando a comunicação interna da companhia.
    O organograma pode ser impresso e afixado no mural de recados, ou disponibilizado em alguma ferramenta de comunicação interna digital, como uma rede social corporativa ou um recurso de intranet.

  7. Mantenha o organograma atualizado
    É natural que ao longo do processo as equipes sofram mudanças como, demissões, contratações, mudanças de cargos e outros. Todas essas alterações precisam ser levadas em consideração e atualizadas no organograma para manter as informações verídicas.

    Dito isto percebemos que o organograma é uma ferramenta extremamente importante para organizar os cargos da empresa e auxiliar na criação de uma visão global do negócio por parte de todos os colaboradores.

    Portanto, agora que você já sabe como fazer o organograma e entendeu como ele pode ajudar no crescimento da sua empresa, aproveite para conhecer o modelo de negócio da Lamego!  Somos uma plataforma de crowdwork (tarefas on demand) com todos os produtos do marketing digital em um só lugar e agências credenciadas em todos Brasil para atendimento.

Acesse colab19.com.br  e solicite uma consultoria gratuita para otimizar seus processos internos e melhorar a sua entrega.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.