Ecommerce – Qual o melhor tipo de ecommerce para o seu negócio

Ecommerce – Qual o melhor tipo de ecommerce para o seu negócio

Existem vários negócios que são configurados como B2C ou B2B, portanto, existe um ecommerce adequado para cada tipo com diversas ferramentas que podem te auxiliar a sair da inércia e estruturar a sua venda online.

Atualmente existem algumas tendências de ecommerce que tem dado certo e estão sendo buscadas, principalmente neste momento em que diversas empresas precisaram se adequar a este sistema de isolamento social.

Uma primeira opção é o ecommerce próprio em que você consegue criar a estrutura da sua loja e se posicionar no mercado por meio do branding, que é uma marca própria. Por exemplo, empresas que possuem um site exclusivo, como a Nike. Essa opção geralmente é bem interessante para quem já possui uma loja física consolidada e quer expandir para o meio digital. Mas é importante lembrar que para administrar bem um ecommerce próprio é preciso estar sempre atento a estoque, logística de entregas e marketing, além de contratar uma boa plataforma de hospedagem.

Para quem possui um ecommerce próprio e deseja otimizar ainda mais as suas vendas é necessário se atentar também a outros dois fatores muito importantes, o primeiro é, a descrição dos seus produtos, uma vez que, aplicando técnicas de SEO à essas descrições (palavras chaves), se torna muito mais fácil do seu anúncio aparecer nas pesquisas de potenciais clientes. E o segundo é o valor e o tempo do frete, hoje em dia, este pode ser um detalhe influente na decisão de compra, e quanto mais rápido melhor.

Vale lembrar também dos esforços secundários que é possível fazer para que a sua marca tenha mais visibilidade, e essa pode ser uma boa opção para quem possui um ecommerce próprio, que é a ação com influenciadores no Instagram. Essa forma de anunciar e divulgar, tem dado muito certo para algumas empresas, pois ao firmar parcerias com influencers do seu segmento, é possível disponibilizar nos próprios posts, links de redirecionamento para o seu site e assim converter em vendas.

Em segundo lugar, existem as plataformas de marketplace, que podem ser utilizadas por quem precisa apenas de uma ferramenta de venda online, com baixo custo, e não necessariamente um local online próprio. Por exemplo, o Mercado livre, Americanas, Magazine Luiza, entre outros que permitem que diversos vendedores anunciem seus produtos. Mas lembramos que, essas plataformas cobram algumas taxas do anunciante, entretanto, esse custo é revertido em visibilidade, visto que, as plataformas que citamos acima são referencias neste quesito, pois investem em tráfego no site.

Além dessas formas, existem as opções mais simples, como o Whatsapp Business que permite anexar catálogo de produtos no próprio aplicativo, além de enviar mensagens em lista de transmissão, ou seja, para diversas pessoas ao mesmo tempo.

E o social store ou social ecommerce, que é a união das redes sociais com o ecommerce, ou seja, vendas realizadas por meio de grupos ou páginas em redes sociais. Esta prática traz muitos resultados para um e-commerce, já que, além de engajar o público, pode aumentar consideravelmente o volume de vendas, afinal, você está diversifica seus canais de contato com seus consumidores. Quer um exemplo de marcas que usam muito bem essa tecnologia?

Amaro, Quem disse, Berenice? e Magazine Luiza. Ao visitar o Instagram percebemos o quão bem essas empresas utilizam a ferramenta e possuem proximidade com o seu público, facilitando e potencializando as vendas.

Hoje em dia, vender na internet e ter a ramificação do seu negócio de forma online é indispensável. Seja um ecommerce próprio ou anúncios em marketplaces, estar no meio digital é primordial para alavancar as vendas. Segundo levantamento realizado pelo NZN Intelligence, 74% dos consumidores preferem a modalidade online em relação às compras realizadas em lojas físicas.

Diante desse assunto, a Lamego também não fica de fora, nós temos a loja virtual speedy, onde por meio de uma estrutura pronta e esquematizada e linkada na plataforma Tray, conseguimos entregar a sua loja virtual em até 7 dias, personalizada e com todas as ferramentas necessárias, de acordo com o seu negócio, para que você tenha por onde começar a vender na internet. Nesta opção, a equipe Lamego fará toda a construção da sua loja virtual, bem como, cadastro de categoria de produtos, formas de pagamento, integração com marketplaces, entre outras informações para que a sua loja virtual fique pronta para usar, pagando pouco.

Se você prefere uma loja virtual mais complexa, e que você mesmo possa migrar para outras plataformas, a Lamego tem a opção da Loja Woocommerce, que é completa, construída no wordpress e totalmente independente, ou seja, diferente da Loja virtual Speedy que é linkada com a plataforma Tray e com a Lamego, a loja virtual Woocommerce, é 100% do cliente, que pode migrar para outra plataforma de hospedagem a qualquer momento!

 Esperamos que você tenha entendido um pouco mais sobre ecommerce. Fique ligado em nosso site, tem sempre um conteúdo novo pra você!

Vamos juntos transformar ideias e pessoas em grandes oportunidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.