Plataforma de
marketing digital

Preparada para o cenário de Pandemia, Startup oferece oportunidades de trabalho home office

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Preparada para o cenário de Pandemia, Startup oferece oportunidades de trabalho home office

Em tempos de Corona vírus, várias empresas do mercado (principalmente em São Paulo) começaram um movimento emergencial e forçado para preservar a saúde de seus colaboradores.

Muitas delas estão evitando realizar eventos, reuniões presenciais e sugerindo que as equipes trabalhem home office, para diminuir ao máximo o contato físico entre as pessoas. O que, de fato, é uma atitude preventiva importante para que possamos conter o avanço no número de caso da doença COVID-19 no Brasil*.

Acontece que, para muitas empresas e colaboradores, esta situação inusitada pode acarretar uma queda brusca no rendimento das equipes. Afinal, eles não foram preparados para trabalhar à distância e dificilmente terão uma rápida adaptação a este novo formato de trabalho.

Isso me fez lembrar de uma Startup (AdTech) que eu conheci no final de 2018 que, há mais de 4 anos, já possui um modelo de negócio em que quase 100% das pessoas envolvidas trabalham home office. Ou seja, uma empresa que baseia o seu modelo de negócio em nômades digitais, promovendo nenhum (ou quase nenhum) contato físico entre as pessoas envolvidas no trabalho.

Trata-se da LAMEGO, uma plataforma de Marketing Digital focada em pequenos e médios empreendimentos. E como funciona este modelo de negócio?

Primeiramente, foi identificada uma carência no mercado de Marketing Digital para pequenos e médios empreendedores em todo o Brasil. Pólos como São Paulo e Rio de Janeiro e as demais capitais até possuem muitas agências, mas muitas delas não sabem lidar com pequenas empresas e muitas vezes acabam utilizando o baixo investimento que estas empresas dispõem de maneira ineficiente e até irresponsável, trazendo pouco ou nenhum resultado.

Em cidades do interior a situação é ainda pior, boas agências são ainda mais raras e muitas vezes as empresas acabam fazendo o trabalho sozinhas, sem orientação ou ficam nas mãos de profissionais liberais que, até conhecem sobre algum assunto específico, mas não conseguem atender a demanda da empresa considerando todas as especialidades e oportunidades que o Marketing Digital oferece.

Por outro lado, existem cada vez mais profissionais especialistas no mercado. São fotógrafos, designers, redatores, copywriters, web designers, editores de vídeo, programadores, especialistas em SEO, google ads, etc…espalhados por todo o Brasil e ávidos para aplicar as soluções que conhecem para gerar resultados para as empresas e, claro, ter seu trabalho reconhecido e bem remunerado.

O que a LAMEGO fez foi unir estas diversas pontas (pequenas e médias empresas, com baixo orçamento x profissionais especialistas em Marketing Digital), através de uma plataforma online onde os planos de Marketing Digital são inseridos, divididos em tarefas específicas, que são distribuídas para os profissionais de cada especialidade.

Mas como a demanda das empresas chegam até esta plataforma?

Aí que vem o pulo do gato da LAMEGO: através de Consultores de Marketing Digital espalhados por todo o Brasil, que também atuam de forma nômade. Ou seja, consultores especialistas em Marketing Digital que atendem uma região específica, visitando (pessoalmente ou de forma online, devido ao novo cenário) e conhecendo os estabelecimentos na prática, entendendo todas as suas necessidades. Fechados os planos de Marketing, os consultores inserem as tarefas na plataforma, para execução dos nômades especialistas.

Significa dizer que uma padaria de Boa Vista (RR) pode contratar uma campanha com um consultor credenciado LAMEGO local, que será criada por uma designer de Vitória (ES) e programada por um especialista em Google Ads de Araraquara (SP) e por outro especialista em Facebook Ads de Natal (RN).

Tudo gerenciado e administrado pela equipe interna da LAMEGO que garante a padronização das campanhas e o nível de qualidade dos trabalhos. E sabe de onde esta equipe interna faz este trabalho? Isso mesmo, home office.

Ao me deparar com toda esta comoção causada pelo Corona vírus, automaticamente lembrei da LAMEGO (já fiz alguns trabalhos para eles como roteirista e copywriter, sem sair de casa) e fui conversar com o Gabriel Franco, CEO e idealizador desta Adtech, para saber como estava o andamento dos trabalhos e se a Pandemia do novo Corona Vírus trouxe algum impacto para o seu negócio.

Você vai ficar animado com o que ele me contou:

“É claro que estamos atentos á situação e preocupados, como todo brasileiro responsável. Mas a LAMEGO não sofreu nenhum impacto negativo desde que a Pandemia do novo Coronavírus foi declarada.

Muito pelo contrário, na verdade. Preocupados com os resultados financeiros no atendimento presencial, muitos clientes estão reforçando seus investimentos em Marketing Digital para garantir a rentabilidade de sua empresa, principalmente aqueles que têm possibilidade de entrega em casa.

Outra vantagem do nosso trabalho em relação a outras agências é relativo à agilidade de atendimento. Como nossa equipe é composta 95% de nômades digitais, os processos seguem normalmente, como sempre foram, portanto estamos passando por esta fase sem nenhum tipo de inconveniente, pois nossos projetos foram criados, desde sempre, para serem executados home office.

Se existe hoje algum problema que eu posso te contar é a carência de mão de obra especializada. Ou seja, estamos precisando de mais Consultores (para atender as empresas da sua microrregião) e de mais nômades especialistas para executar as tarefas, pois entendo que este momento tem sido muito difícil para muitos empresários que, se soubessem das nossas soluções, poderiam passar por este momento com mais tranquilidade.”

Esta informação me animou bastante, já que eu tenho visto muitas pessoas preocupadas com seus empregos ou seus negócios atuais. Perguntei então como as pessoas podem fazer para se tornarem Consultores e Nômades Digitais.

Agora vem o mais importante. Prestem atenção ao que ele me disse:

“Para se tornar um nômade digital a coisa mais importante é o profissional se perguntar: ‘em que eu sou realmente bom?’; ‘qual é o meu diferencial?’, porque nós buscamos especialistas. Quando o profissional vem dizendo que sabe criar textos, também faz design e conhece de SEO, sabemos que ele não é realmente bom em nada disso.

Depois dessa autoanálise, a pessoa deve entrar em https://colaboradores.mktdigital.com.vc/ e preencher um breve cadastro. Então o candidato receberá um teste de trabalho. Se for aprovada, a pessoa passará a fazer parte da nossa Alcateia, recebendo Jobs de forma online, para executar e inserir na nossa plataforma e ganhar a remuneração adequada por cada uma delas.

Para se tornar consultor o processo é um pouco diferente. É necessário que a pessoa interessada se prepare para assumir esta função, afinal este profissional é muito estratégico para o nosso modelo de negócio e estará na linha de frente, tendo contato direto com os nossos clientes.

Os Consultores também são os profissionais com maior potencial de ganho dentro da nossa metodologia. Temos profissionais que chegaram ao patamar de ganho acima dos R$ 18 mil mensais. Isso claro, demanda tempo e muito trabalho, mas é possível.

Consultores iniciantes chegam a tirar R$ 3.000,00, R$ 4.000,00 mensais depois de poucos meses de trabalho. Tudo depende do entendimento, empenho e dedicação ao trabalho.

Por causa de tudo isso, para se tornar um consultor credenciado LAMEGO, a pessoa interessada deve realizar a Formação de Consultores de Marketing Digital.

Para saber mais detalhes, o candidato deve entrar em: https://consultores.mktdigital.com.vc e assistir às aulas experimentais para entender como tudo funciona.”

Curioso notar que a LAMEGO previu – de certa forma – que o trabalho home office de nômades digitais seria o futuro do trabalho e tenho certeza que muitas pessoas neste momento precisarão de oportunidades com esta para continuar produzindo e se sustentando.

Pensando em contribuir também com os empresários que não estavam preparados para atuar neste mundo de reclusão domiciliar, perguntei ao Gabriel se ele criou (ou tem em mente) algum serviço que a LAMEGO possa oferecer para ajudar estes empresários a enfrentar esta nova situação. Sua resposta foi bem interessante.

Vejam:

“Rs…não, não criamos nenhum serviço para atender aos empresários que querem adequar seus processos a este novo cenário. Sabemos como fazer, mas esse não é o nosso core business.

Por outro lado, você me deu uma boa ideia, que eu vou colocar em prática imediatamente (essa é a grande vantagem do Digital: a agilidade).

Caso o empresário queira entender melhor os nossos processos, basta acessar o link abaixo, preencher o formulário com a sua dúvida que minha equipe interna e eu teremos prazer em ajudar. Conte pra gente a sua dificuldade e nós devolvemos com alguma alternativa.

Vamos te ajudar: https://bitrix24public.com/lamegomktdigital.bitrix24.com.br/form/33_vamos_ajudar_voc_a_operacionalizar_seu_neg_cio_na_modalidade_home_office/vgoxun/

Podemos sugerir plataformas de controle de atividades, ferramentas para videoconferência, técnicas para avaliação de desempenho à distância, entre outras dicas que podem fazer a diferença neste momento.”

É um alívio saber que existem empresas como esta que, além de se colocarem à disposição para propagar conhecimento entre empresários, ainda possibilitam um movimento de prosperidade envolvendo pequenas empresas (que precisam de apoio para crescer) e profissionais liberais (que precisam de projetos para executar), mesmo em tempos de isolamento.

E você? Como está lidando com este novo cenário?

Luciano Luna é Roteirista, Copywriter, Palestrante Motivacional e criador do Projeto Autoconhecinema, que promove o autoconhecimento através de grandes clássicos do cinema.

*Enquanto começo a escrever esta matéria, no dia 29 de Março de 2020, às 16h30min, já tínhamos 709.953 casos no mundo com 33.535 mortes confirmadas. No Brasil, temos 4.161 casos confirmados e 128 mortes segundo dados oficiais do ministério da Saúde.  Ao finalizar a matéria, às 18h20min, os números já haviam subido para 716.101 casos no mundo e 33.854 mortes confirmadas (mais de 300 novas mortes em menos de 2 horas). No Brasil, subiu para 4.256 o número de casos confirmados, com 136 mortes.

Mas, infelizmente, tenho certeza que estes dados estarão desatualizados no momento em que você estiver lendo esta matéria. Para saber dados atualizados, acesse: https://coronavirus.jhu.edu/map.html.






Você também pode se interessar por estes outros conteúdos:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
👋 Olá, em que posso ajudar?