Você sabe o que é Business Intelligence (BI)? Não?

Mas, deveria! Especialmente se quiser que sua empresa seja mais competitiva. BI possibilita gerenciar melhor os riscos a partir de análises do comportamento de clientes e do mercado, aumentar a lucratividade, definir as melhores estratégias de mercado e de negócios para seus produtos ou serviços e conduzir sua empresa com base em análises de informações concretas, reais e atuais, trazendo mais certeza nas suas decisões.

E o melhor é que BI é algo acessível inclusive para empresas de pequeno porte. Aliás, se a sua empresa é pequena, eis mais um motivo para implantá-lo, pois “Business Intelligence” realmente significa o que sua tradução diz: “inteligência empresarial”.

É preciso ter inteligência para competir e se manter no mercado perante a concorrência, afinal, de duas, uma: ou a sua concorrência já utiliza BI, ou, em breve, a utilizará.

Mas, então, o que é BI?

O termo “BI” se refere a tecnologias, aplicativos, softwares, ferramentas e práticas para a coleta, integração, análise e apresentação de informações e dados, dos mais variados, relacionados ao seu negócio.

Os sistemas de BI são o que chamamos de “data-driven Decision Support Systems”, ou Sistemas de Apoio à Decisão “SAD”, orientados por dados. Ou seja, basta definir os Indicadores Chave importantes para a empresa que o SAD utilizará os dados existentes captados externamente na internet (ex: crescimento de mercado por área, tendências e mudanças de comportamento de consumo de públicos alvo específicos) e internamente em sua empresa (ex: preços de insumos, material ou matéria prima, custos de logística e transporte, custos operacionais por produto ou serviço, produtividade de colaboradores e prestadores de serviço) e irá armazená-los, podendo gerar planilhas e gráficos, permitindo que você os avalie e utilize como quiser ou precisar.

A partir dos exemplos acima você poderia, com muito mais segurança, definir se seria vantajoso oferecer uma promoção do seu produto ou serviço em determinado local, os preços, o tempo de duração e, até mesmo, após a promoção, verificar se ela resultou em aumento da popularidade do seu produto ou serviço, se sua empresa passou a ter sua imagem associada um produto ou serviço diferente ou inesperado, qual foi a estratégia que a concorrência eventualmente adotou em contrapartida, qual o resultado que ela obteve, e ainda muitas outras informações possíveis. É a tecnologia como sua aliada.

Mas, como usar BI?

Para implantar BI em sua empresa, de forma simples e resumida recomendamos os seguintes passos:

  1. Escolher a ferramenta ideal. Pesquise bem para escolher dentre os softwares disponíveis aquele que mais se encaixe nas suas necessidades. Há ferramentas que permitem personalização do projeto e interface simplificada.
  2. Determinar as metas. Para isso, é necessário entender os objetivos estratégicos da empresa para transformá-los em metas, que devem ser específicas, mensuráveis, possíveis, realistas e com prazo determinado.
  3. Definir os Indicadores Chave (Key Performance Indicators – “KPI”). O que você precisa medir? Para qual finalidade serve este indicador? Quem precisará dele e por qual motivo? Como será feita sua análise? Algum outro indicador depende dele? Os KPIs sempre estão ligados às metas e servem para avaliar se estão sendo alcançadas. Cuidado na definição dos KPIs, eles devem ser claros e não devem ser muito complexos ou difíceis de calcular.
  4. Manter sempre o foco nos KPIs, afinal eles é que alimentarão o software ou ferramenta escolhida. Portanto são extremamente importantes para o BI. De tempos em tempos, analisar se os KPIs definidos ainda são eficazes ou se devem ser alterados, substituídos ou acrescentados.
  5. Efetuar um planejamento no uso dos dados e informações. Definir quais informações e dados devem ser coletados e organizá-los para saber suas origens e formatos e estruturá-los.
  6. Ensinar e treinar sócios, colaboradores e demais envolvidos na atividade empresarial para entender e analisar os dados e informações obtidas pelo software. Todos devem compreender o funcionamento da ferramenta, pois suas decisões e ações dependerão dos indicadores, dados e relatórios.

Agora você deve estar pensando: “Como vou conseguir acompanhar tudo isso e ao mesmo tempo gerenciar a equipe, parceiros, documentos, informações e gerenciar o relacionamento com o cliente?”

Para isso existem ferramentas como o Bitrix24.

O Bitrix24 é uma plataforma de colaboração que fornece um conjunto completo de ferramentas de colaboração social, comunicação e gerenciamento para sua equipe de negócios e de projetos, fluxo de atividades, tarefas e prazos, inclusive com Kanban e Gráficos de Gantt, gerenciamento de documentos compartilhados e privados e relacionamento com o cliente. Oferece, ainda, marketing por email, banco de dados do produto, acompanhamento de vendas e consegue até gerar automaticamente faturas para seus clientes no final da transação. Ufa!
Assim, você consegue implantar e gerenciar o que quiser e como quiser. E o mais importante, isso tudo não é o futuro, mas sim o presente. O BI não é mais novidade.

Deixe a tecnologia trabalhar para sua empresa e use seu conhecimento e o de seus colaboradores para resolver as decisões mais cruciais do negócio.